Desde 2001, quando foi criada a Lei de Responsabilidade Fiscal, esta sistemática de pagamentos acontece. Por que só agora estão questionando isto?

Luís Inácio Adams, Advogado Geral da União, sobre o caso das “pedaladas fiscais”, exercendo o sagrado direito de ser burro: já estão chamando essa sua declaração de “Delação não premiada”.

Com defensores desse naipe, a presidente Dilma não precisa de inimigos, ainda que os tenha, mais próximos do que desejaria…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *