A candidatura de Marina Silva, para quem só sabe torcer contra, como eu, é muito animadora. Depois de 12 anos, há uma perspectiva real de derrotar o PT. E há uma perspectiva real de derrotar o PSDB, sem o qual o PT tende a desaparecer, pois perde seu adversário amestrado.

O conceito segundo o qual é necessário trocar, a cada quatro anos, o bandido que nos governa (Montesquieu, “O Espírito das Leis”, volume 2), finalmente pode ser aplicado. Tira-se um, põe-se outro qualquer em seu lugar. O outro qualquer é Marina Silva? Eu topo.

Diogo Mainardi, em artigo para a Folha de São Paulo. Nunca li nada sobre essa eleição com que concordasse tanto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *