Titio Tim, quero um teclado dock lightening!

Escrever no iPhone com o teclado dock do iPad é uma das coisas mais Hipsters que já tive a oportunidade — e a geekagem de fazer.

A tecla “R” do teclado está soltando, ele não tem design para suportar o iPad Air de modo seguro, mas ainda é um dos melhores pedaços de Hardware que já comprei.

No iPhone, no entanto, usando um adaptador 30-Pinos — Lightening (Não testei os genéricos, estou falando do oficial da Apple, sempre mais caro), ainda apresenta um conjunto estável, talvez o conjunto mais estável desde que testei pela primeira vez em um iPod Touch de 4ª geração.

Meu teclado ainda está meio riscado — quem tem criança teria que ter muito mais cuidado com periféricos do que eu — mas funciona perfeitamente.

Uma das minhas frustrações é a Apple ter descontinuado o teclado dock. Ele foi desenhado para caber um iPad de primeira geração, cabia um iPad 2 de forma meio gambiarra, e o conector lightening praticamente matou o periférico — exceto para mim, que ocasionalmente me sinto confortável usando-o com meu iPhone 5 para escrever textos mais longos.

O único defeito dele é ter tido que ser pesado, para equilibrar o conjunto sobre a mesa: isso diminuiu sua portabilidade, e deve ter sido uma das coisas que levou a Apple a tomar a decisão de descontinuá-lo.

Sigo usando, e parafraseando Fernando Pessoa, fá-lo-ei “enquanto Deus mo permitir”. E seria um feliz proprietário de uma versão lightening, caso a Apple — ou outro fabricante de acessórios — decidisse fabricar um compatível com lightening.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *