O petismo, obviamente, não é e nunca foi, digamos, “progressista”. A turma é autoritária, aí sim, e isso, obviamente, é outra coisa. O petismo é hoje um meio de vida. A turma se apoderou do estado e não quer largar o osso de jeito nenhum. E aí vale tudo.

Ninguém jamais definirá o petismo de forma mais crua, contundente e verdadeira do que o velho tio Rei. Mais cedo citei Magnoli, um pensador inteligente de esquerda, e agora, um pouco de inteligência de direita pra não começar o sábado caxingando! :-)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *